Tênis AZUL Masculino Ollie Tênis Roxy Masculino Casual TdwqxSUTO

Casual Tênis Masculino AZUL Tênis Ollie Roxy Masculino
CAMPINAS, 5 DE SETEMBRO DE 2018
Sandália Sandália DAFITI SHOES SHOES DAFITI Bege Salto DAFITI Sandália Grosso Bege SHOES Grosso Salto Salto Grosso 05v5q
institucional Ollie Tênis Masculino Masculino Casual AZUL Tênis Roxy . Diário Braille


Roxy AZUL Casual Tênis Ollie Tênis Masculino Masculino

Ser deficiente ou ter uma deficiência? Uma questão de identidade



12/12/2013 - 14h37 | Fabiana Bonilha
Elo Tiras Tiras Shoestock Rasteira Feminina Azul Rasteira Shoestock Elo Feminina Rasteira Azul Shoestock Elo PPfEwnqxHr

Toda nomenclatura utilizada para se referir àqueles que têm alguma deficiência possui um propósito, e carrega consigo uma determinada concepção. Às vezes, a diferença entre os termos parece sutil, mas na verdade o impacto de seu uso se faz sentir na prática das relações cotidianas.
Termos muito pejorativos são mais facilmente identificados como impróprios ou deselegantes. Referir-se a alguém como "ceguinho" ou como "mongoloide" é claramente uma atitude ofensiva, e não existem dúvidas sobre esta inadequação.
Porém, em relação a outros termos, a percepção destes significados requer um olhar que vá além da superficialidade e que penetre nos detalhes de suas acepções.
Ouvimos, nas rodas de conversas ou mesmo em notícias veiculadas pela mídia, basicamente dois modos de abordagem. Ora se diz que uma determinada pessoa tem uma deficiência, ora se diz que esta pessoa é deficiente.
Será que "Ter uma deficiência" ou "ser deficiente" quer dizer a mesma coisa?
Vamos pensar um pouco sobre isto.
Ter uma deficiência representa uma condição, que se manifesta em alguma característica inerente ao indivíduo. De fato, toda pessoa é constituída por um conjunto de vários atributos que a definem, e que a tornam única em seu modo de ser. São qualidades tais como: constituição física, traços de personalidade, gênero, crenças, valores, entre outras. Uma deficiência pode ser tão somente um desses atributos que caracterizam a pessoa, contribuindo na composição de sua singularidade. Esta característica particular se faz notar em meio a muitas outras, e, por isso, uma mesma deficiência se revela de modo diferente em pessoas que naturalmente são diferentes. Assim, é importante notarmos, por exemplo, que não há nada em comum entre duas pessoas que tenham deficiência visual, além do fato de não enxergarem. Cada uma pensa, sente e age de um jeito, de acordo com o que é próprio à sua subjetividade.
Ser deficiente, por sua vez, se revela como um caso bem distinto. Trata-se de uma situação em que a pessoa carrega fundamentalmente um déficit, que toma e invade todo o seu ser. A deficiência, como uma força catalisadora, define o indivíduo e orienta todas as suas ações, fazendo com que ele viva ao redor desta força. Se admitirmos a existência de pessoas deficientes, estaremos também considerando a possibilidade de que todas elas possuam muitas coisas em comum, dado o caráter essencial e fundante desta condição.
Conforme se pode observar, considerar uma pessoa como deficiente representa uma distorção a respeito do que significa ter alguma limitação física, sensorial ou intelectual. Na verdade, ninguém é deficiente, e, do mesmo modo, a ninguém é dado o direito de se referir desta maneira a outra pessoa.
Pior do que afirmações do tipo: "A pessoa deficiente faz isto ou aquilo", são as frases do tipo: "O deficiente faz isto ou aquilo".
É grande o desconforto ao nos depararmos com estas falas, pois temos a impressão de que o interlocutor está se referindo a um "ser à parte", dotado de uma característica que o faz ser quase não-humano. Temos a sensação de que, de um lado, estão as pessoas, e de outro, os deficientes!
Precisamos, portanto, ter cautela para não utilizarmos indiscriminadamente estes termos que julgamos parecidos. Está claro que, muitas vezes, ao nomearmos alguém como deficiente, não estamos intencionalmente desqualificando a pessoa, e o fazemos pela força do hábito ou pelos modelos aprendidos. Entretanto, cabe esta reflexão, que nos faz ver o quanto esta nomenclatura influencia no modo como vemos as pessoas e impacta na construção de suas identidades.
Fabiana Bonilha, Doutora em Música pela UNICAMP, psicóloga, é cega congênita, e escreve semanalmente no E-Braille.
E-mail: [email protected]
AZUL Tênis Ollie Tênis Casual Masculino Roxy Masculino

 
Amarela Dumond Rasteira Tiras Dumond Rasteira vIqwH

Tênis AZUL Masculino Ollie Tênis Roxy Masculino Casual TdwqxSUTO Tênis AZUL Masculino Ollie Tênis Roxy Masculino Casual TdwqxSUTO Tênis AZUL Masculino Ollie Tênis Roxy Masculino Casual TdwqxSUTO Tênis AZUL Masculino Ollie Tênis Roxy Masculino Casual TdwqxSUTO
Tênis Masculino Casual Roxy Ollie 
 
 
Tênis masculino confeccionado em material sintético, com recorte em camurça na biqueira. Possui palmilha com alta absorção de impacto e umidade, fechamento por cadarço, solado flexível, emborrachado com frisos antiderrapante para garantir maior segurança e conforto ao caminhar.
 
 
Informações Adicionais:
Tamanhos: 37 ao 43
Cor: preto, azul, cinza, marrom, caramelo
Modelo: Tênis Masculino Casual Roxy Ollie 
Material: sintético, tecido, camurça 
Detalhes adicionais: recorte recorte camurça cabedal, casual
Solado: antiderrapante
Palmilha: macia
Marca: Ollie 
Foto realizada com tamanho: 42
Categoria: Calçado Masculino - Tênis - Casual
Casual Roxy Ollie Masculino Tênis Tênis AZUL Masculino